Tecnologia! Você Por Aqui...


- ... me diz aí as novidades?

- Pois é João – respondeu Tech, apelido carinhoso dela. – Sempre tenho novidades.

- Ah sei disso. Mas você apareceu pouco nestas finais da NBA; nem te usaram muito, não foi?

- Não, não, tais enganado. Estive presente nos jogos 3 e 4 em Orlando.

- Ué?! Como não te vi? – perguntei curioso em saber como foi esta aparição.

- Aliás, este é o objetivo, não aparecer muito. Você sabe como este pessoal do esporte é: querem me usar para ajudar a resolver problemas dos jogos, mas me criticam ao mesmo tempo.

- Falando em ajuda, valeu pela “mãozinha” no jogo contra o Egito em? Já pensou empatar com os caras? Se viu, a Itália perdeu... – sabendo o que viria na sequência, aguardei a sua bronca

- Mas, veja só: o ponto eletrônico foi o instrumento usado para alertar o árbitro do ocorrido, não a televisão que o juiz reserva tem em sua mesa! Aí no jogo contra os EUA, tiraram a TV como se ela fosse a culpada. Esses caras da FIFA são muito ranzinzas! Tá loco! – gritou ela defendendo sua companheira.

- É assim mesmo, sempre dificultam qualquer avanço, mesmo sendo para a melhora do jogo.

- E não é só isso – continuou Tech com o desabafo – O assunto que corre nos bastidores é que vão colocar dois juízes atrás das traves... Pense numa gente retrógada!

- Não se preocupe que isto se supera... – fui então interrompido para ouvir mais reclamações

- Se a “poderosa FIFA” é retrógada, imagina a MLB. Você acompanha e sabe da história. Quando é pra medir a velocidade dos arremessos: maravilha! Estou fazendo apenas meu trabalho. Agora, quando eles inventaram de me usar para conferir se foi ou não Home Run: dizem que eu desacelero o jogo... Cada partida dura três horas e a culpa é minha?! E sempre tem aqueles arremessos para a 1ªbase...

Tive que interromper porque ela estava muito nervosa.

- Olha Tech; entenda que o beisebol é um esporte puritano, tradicional. São resistentes a mudanças também. Já que tocou no assunto, pelo menos na NFL você é bem vista.

- Verdade. Até usam umas toalhinhas para me chamarem – ela confirmou com um semblante mais calmo.

Aproveitei e voltei a história da NBA

- Mudando de conversa, você tava dizendo que esteve nas finais da NBA...

- Ah sim! É mesmo. – disse interessada em contar logo a “fofoca”, ou melhor: passar pra frente a informação... – Então, meu trabalho foi na “miúda” (como dizem por aí nas ruas). Era um teste para ajudar os clubes da associação a entender melhor o que acontece na partida.

- Como assim? – perguntei ainda sem entender direito

- Tipo, pegamos a MLB por exemplo. Percebeu a quantidade de estáticas que eles têm?

- Vixi! Nem me fala. E vem tudo em siglas: ERA, OPS, WHIP, RBI, OBP...

- Um jogo é destrinchado nos mínimos detalhes para que os treinadores tenham um entendimento exato do que aconteceu numa partida e o que precisa ser feito para se apresentar melhor em jogos futuros.

- Ok! Mas, o que a NBA tem a ver com isso?

- Quais são as estatísticas da NBA? Pontos, rebotes, assistências... enfim, coisas que o olho humano vê. Desta forma, há inúmeras situações que acontece dentro da quadra que este tipo de número não quantifica com qualidade.

- Tô entendendo... Você conhece John Hollinger, jornalista da ESPN? Ele faz um trabalho interessante, buscando mostrar em números a verdadeira eficiência de cada jogador e time.

- Sei quem ele é sim – respondeu Tech emendando o contra-ataque – Porém, não são números oficias. Além disto, este meu novo sistema é melhor. – afirmou ela deixando um ar de superioridade no ar.

- É! Como funciona? Você ainda não me disse Tech.

- Assim: nos jogos 3 e 4 em Orlando, várias câmeras foram colocadas em volta da quadra no anel superior do ginásio...

- Sei.

- Tudo em quadra estava sendo observado: os jogadores, a bola, os árbitros... Isto para pegar o exato movimento deles, a exata velocidade de cada jogada. Aí, dados chegam aos computadores que os resume em vários tópicos. Algo que nunca foi feito antes!

- Entendo.

- Deixa eu te dar um exemplo prático: este sistema é capaz de ver a exata posição de cada atleta. Isto vai ajudar os treinadores para corrigir falhas nas jogadas ofensivas e defensivas. É possível analisar também como um jogador esta fazendo a marcação individual, principalmente sem a bola, sabendo a distância real um do outro.

- Aham...

- No caso dos juízes, é possível ver o ângulo que cada um dos três tem das jogadas, se o posicionamento é o correto para um lance específico. Outro exemplo: em uma jogada no garrafão, será possível ver qual o melhor ângulo de visão que o juiz do fundo e o das laterais precisam estar para enxergarem melhor o lance.

- Legal, em?!

-É sim. O foco, João, é colocar em números o que de fato acontece em quadra. Todos estes detalhes que mencionei são transformados: é como se o “humano” se tornasse em “exato”.

- Nossa! Grande novidade essa... Mas vai ser implementada logo na associação?

- Não, estamos em fase de testes ainda. Na temporada que vem vamos estar em mais jogos. O que eu escuto falar nos corredores da NBA é que o plano é colocar este sistema oficialmente na temporada 2011-12.

- Tem que passar por fase de estudos e esta história toda...

- Sim. Você sabe como é a NBA. Não vai querer fazer que eu passe vergonha de novo.

- De novo? - indaguei surpreso.

- É, de novo. Esqueceu da “bola de praia” (risos)

- Ah! (risos). Verdade. Fiasco total.

- Bom, mas agora será diferente. A modernidade tem vários níveis e a NBA está buscando chegar ao mais alto possível. Te digo uma coisa: este sistema vai ajudar bastante os treinadores.

- Já os jogadores não sei – fiz uma ressalva – você vai mostrar as falhas de todos eles. Nem vai adiantar dizer que o cara tava marcando certo e tal, porque você mostrará o contrario.

- Não tinha pensado nisso. Ah! Porém nem tudo é perfeito.

- Nem você né Tech? - disse em tom de provocação.

- Maldito seja o homem que confia numa máquina! (risos) – ela esbravejou com uma voz cômica de autoridade.

- Que assim seja! (risos).



© 1 Bob Rosato / SI

Um comentário:

Paulo henrique disse...

POw meuh vei, ficouh muito massa pow. Gostei mais ainda pois envolve Tecnología com os Esportes minhas duas Paixões kaopskdpoaksd abraço Irmão!!!

Postar um comentário